Comunidade Terapêutica Betânia amplia atendimento contra a dependência química

Com apoio do Instituto Sincades, a Comunidade Terapêutica Betânia, inaugurou mais uma casa da unidade, que abrigará pessoas que buscam o tratamento da dependência de drogas. A construção do imóvel, foi viabilizada pelo Instituto Sincades, e permitiu ampliar de 45 para 63 pessoas atendidas simultaneamente, o que representa um acréscimo de 29%.
A Comunidade Terapêutica Betânia, unidade filial da Cáritas Diocesana, foi inaugurada em 2012, a partir da iniciativa das Paróquias de Ibiraçu, João Neiva e Aracruz. Desde então, já ofereceu tratamento a 133 dependentes químicos. Atualmente, a Comunidade oferece gratuitamente atenção integral e condições de prevenção, recuperação e reinserção social dos indivíduos dependentes de substâncias psicoativas, bem como o apoio às famílias com vínculos rompidos ou fragilizados pela dependência química.
O Padre José Valdecy Romão, Diretor Gestor da Comunidade, destaca que a Unidade é mantida por meio de doações e a participação social tem grande importância para os dependentes. “A Comunidade Betânia é um espaço para o reencontro com Deus, com o próximo, com a natureza e consigo mesmo. Todo o tratamento é gratuito, por isso, qualquer ajuda é sempre bem-vinda”, conclui.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: