Consciência Negra: Projetos Cáritas reforçam a busca por dignidade e igualdade de direitos para todas as pessoas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O dia 20 de novembro foi estabelecido como o Dia da Consciência Negra, pelo projeto Lei n.º 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. No entanto, somente em 2011 a lei foi sancionada (Lei 12.519/2011) pela presidente Dilma Rousseff.

Ele tem o objetivo de relembrar a importância da reflexão sobre a posição dos negros na sociedade. Afinal, as gerações que sucederam a época de escravidão sofreram e ainda sofrem diversos níveis de preconceito.

Na Cáritas Diocesana de Colatina, o dia foi lembrado com várias atividades que valorizam a raça negra. O Projeto Crubixá JHJ, em João Neiva, apresentou uma roda de capoeira na escola Missionários Combonianos. O evento foi realizado nos dois períodos manhã e tarde, liderado pelo Mestre Cabelim com a participação de atendidos do Projeto, da Pestalozzi e outros capoeiristas presentes. Já em Colatina, as atividades ficaram por conta do Projeto “Território da Paz” , que organizou na Praça Municipal o I Desfile da Beleza negra e apresentações culturais.

“Olha de novo: não existem brancos, não existem amarelos, não existem negros: somos todos arco-íris.” (Ulisses Tavares)

Deixe um comentário

Últimos Posts

%d blogueiros gostam disto: