Campanha “Vamos Conversar sobre Adoção” é realizada em Colatina

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Foi realizada na última quinta-feira (25/05), uma campanha sobre adoção promovida pela 1ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Colatina em parceria com a Central de Apoio Multidisciplinar da região judiciária de Colatina e os diversos serviços de Acolhimento do município.

A campanha “Vamos Conversar sobre Adoção”, teve como foco a adoção tardia, exatamente, porque é a realidade das crianças que estão aptas a adoção, não só em Colatina, como na maioria das Comarcas do Brasil. Foi montada uma tenta para receber as pessoas e nela foram disponibilizados materiais impressos e audiovisuais sobre a adoção.

A Adoção tardia compreende aquelas adoções de crianças acima de dois anos de idade, porém, nos abrigos de Colatina, atualmente, as crianças aptas à adoção tem idade superior a cinco anos, conta a assistente social Ana Paula Fonseca Costa Badiani, que atua no Mater Christi.

Os procedimentos para adoção consisti em alguns ações necessárias para que a pessoa e/ou a família tenha certeza da decisão tão séria que é ter filhos. Resumidamente, o passo a passo para se habilitar a adoção é:

1.Procurar o Fórum ou a Vara Especializada da Infância e Juventude de sua cidade ou região, levando os seguintes documentos: Certidão de Nascimento ou Casamento, ou declaração de união estável; Cédula de Identidade; Inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (todos documentos com cópias autenticadas), entre outros, como comprovante de renda; de residência; certidão de antecedentes criminais e certidão negativa de distribuição cível. Além de fotografias e atestados de sanidade física e mental;

2.Os documentos serão analisados pelo Ministério público;

3.Participação em entrevista psicossocial e visita domiciliar a ser realizada pela equipe técnica do Poder Judiciário;

4.Participação em programa de preparação para adoção ou curso;

5.Análise do requerimento pela autoridade judiciária e sentença deferindo ou não no pedido de habilitação à adoção;

6.Ingresso no cadastro do Sistema de Informação e gerência de Adoção e Acolhimento no Estado do Espírito Santo (SIGA/ES) e do Cadastro Nacional de Adoção.

Somente a partir da habilitação à adoção que a pessoa e/ou casal estará apto a adotar.

A 1ª Vara Especializada da infância e Juventude de Colatina se localiza no Fórum de Colatina, na Avenida Luiz Dalla Bernardina, 223 – Centro, Colatina – ES. O Juiz titular da Vara é Dr. Ewerton Nicoli. Telefone para contato: (27) 37215022 ramal 213.

Deixe um comentário

Últimos Posts

%d blogueiros gostam disto: