Intercâmbio proporciona troca de experiências entre as Cáritas de Colatina e São Mateus

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Ontem (24/04), aconteceu em São Mateus, um intercâmbio entre as Cáritas Diocesanas de Colatina e São Mateus, com o objetivo de trocar experiências, partilhar e construir conhecimentos.

A visita foi organizada em dois momentos: pela manhã, aconteceu uma roda de conversa sobre as experiência de atuação da Cáritas de São Mateus e à tarde, com a participação da Cáritas de Cachoeiro de Itapemirim e da Santa Casa de Misericórdia, do mesmo município, o grupo conheceu o Projeto “ Semeando Liberdade”.

O Projeto “Semeando Liberdade”

O projeto funciona desde o início de 2014 em uma fazenda localizada ao lado da unidade prisional de São Mateus, e é desenvolvido em parceria envolvendo Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Cáritas Diocesana de São Mateus, Associação Semeando a Liberdade (Asel) e Prefeitura Municipal de São Mateus.

A fazenda onde o grupo trabalha possui 100 hectares e foi cedida à Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).  

Os internos que trabalham no cultivo de frutas e legumes cumprem pena em regime semi-aberto na Penitenciária Regional de São Mateus (PRSM). Antes de serem selecionados, os internos passaram por um rigorosa avaliação da equipe multidisciplinar da unidade prisional e apenas aqueles que apresentaram perfil para a atividade são selecionados. Todos eles recebem, além do benefício de remição de pena, um salário mínimo por mês. Conforme determinado pelo Programa de Pagamento ao Trabalhador Preso, uma parte do salário vai diretamente para uma conta pecúlio, em nome do interno, outra parte vai para família e a terceira, para o preso. O dinheiro da conta pecúlio só pode ser retirado quando a pessoa é beneficiada com a liberdade.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: