Trabalho social do Mater Christi é refletido por alunos de Colatina

Na última sexta-feira (30/9), a assistente social do Centro de Atendimento Materno Infantil Mater Christi, Ana Paula Fonseca Costa Badiani, conversou com os alunos da Escola Darwin de Colatina sobre o importante e delicado trabalho social que é desenvolvido nessa unidade filial da Cáritas Diocesana.

Ana Paula apresentou o Mater Christi, o perfil do público atendido e as atividades desenvolvidas. O convite para falar sobre a entidade vai ao encontro de um projeto da escola voltado para a convivência. Com a aproximação do Dia das Crianças, a reflexão foi justamente sobre crianças em situação de acolhimento institucional. “A intenção é conhecer para depois ajudar, por meio de uma campanha solidária que inclui visita ao Mater Christi e suas crianças”, explicou Ana Paula.

Para a assistente social, o momento foi de extrema relevância. “Além de falar do Mater Christi, destaquei os motivos que geram o afastamento das crianças e adolescentes de suas famílias, como o uso de drogas pelos pais. Com isso, os alunos puderam refletir sobre os conflitos que existem nas famílias e que levam à desproteção de muitas crianças e adolescentes”, observou.

O Mater Christi

O Centro de Atendimento Materno Infantil Mater Christi fica no bairro Honório Fraga, em Colatina. O trabalho social é voltado para o acolhimento institucional de crianças e adolescentes que tiveram seus direitos violados e vínculos familiares rompidos. A equipe apoia-se na ação amorosa para ajudar esse público a superar problemas e voltar a conviver com seus familiares de origem ou com uma família substituta.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: