Projeto Crubixá: pequenos praticantes de taekwondo trocam de faixa

No último dia 5 de dezembro, dez crianças do Projeto Crubixá JHJ, que fica em João Neiva, participaram de um evento esportivo marcante: a graduação de taekwondo. A turma pratica essa arte marcial dentro do projeto e a graduação permite ao atleta mostrar seu aprimoramento técnico e, assim, trocar a cor da faixa.

A graduação aconteceu em João Neiva e reuniu cerca de 70 atletas. Os mestres Daniel Farina e Giovanni Farina coordenaram o evento, juntamente com Flavia Medina Cardoso, que é faixa preta e dá aula para as crianças do Projeto Crubixá. “O nível técnico desenvolvido pelas crianças do projeto foi muito elogiado pelos mestres. Os pais também gostaram do evento que mostrou o alto grau de comprometimento e empenho dos professores para com seus alunos”, contou Flavia.

A professora explica ainda que o taekwondo possui 19 graduações de faixas, baseadas na tradição e na herança da história coreana. Das 10 crianças do Projeto Crubixá, quatro eram faixa branca, que significa a semente de uma planta, com sua pureza e inocência. Após o exame, essa turma trocou a branca pela faixa amarela, que representa a terra da qual uma planta brota e começa a germinar. “Isso quer dizer que o alicerce do taekwondo está sendo construído, é o início da adaptação do aluno”. As outras seis crianças já eram faixa amarela que foi trocada pela verde. “É a planta com crescente folhagem, indicando que o aluno está se desenvolvendo como um praticante do Taekwondo, ampliando seu conhecimento”, descreve Flavia.

Ao todo, mais de 100 crianças e adolescentes praticam o taekwondo no Projeto Crubixá. O objetivo é que eles aprendam, acima de tudo, a ser lutadores e campeões na vida. O Projeto Crubixá é uma unidade filial da Cáritas Diocesana de Colatina e oferece atividades educativas e lúdicas para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social.

Deixe um comentário

Últimos Posts

%d blogueiros gostam disto: