Com mensagem de perdão, Papa Francisco reza o 1º Ângelus

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Papa Francisco diante dos milhares de fiéis em seu primeiro Ângelus

"Deus jamais se cansa de nos perdoar. Nós é que nos cansamos de pedir perdão". Com essas palavras, o Papa Francisco transmitiu a principal mensagem da oração do Ângelus, neste domingo (17/3), a primeira de seu pontificado. Seu discurso foi marcado pelo perdão e pela misericórdia.

“Deus é como um pai misericordioso, que sempre tem paciência conosco, nos compreende, atende, não se cansa de nos perdoar. Grande é a misericórdia do Senhor", disse. O novo pontífice abriu seu pronunciamento com uma saudação que já se tornou sua marca registrada: “Irmãos e irmãs, bom dia”.

O Papa Francisco mencionou que leu, nos últimos dias, um livro do cardeal alemão Walter Kasper sobre a misericórdia. “O livro dizia que a misericórdia é uma palavra que muda tudo, muda o mundo. Um pouco dela deixa o mundo menos frio e mais justo”, disse Francisco.

O Papa destacou que, devido ao alcance dos meios de comunicação, podia falar neste domingo não apenas com quem estava na Praça, mas com todo o mundo. Durante o discurso, muitas pessoas ficaram emocionadas. Ao final, Francisco fez uma saudação aos peregrinos – e pediu que eles orassem por ele. “Renovo meu abraço aos fiéis de Roma e estendo a todos que vieram de toda a Itália e de todas as partes do mundo, e os que estão unidos a nós pelos meios de comunicação."

Francisco encerrou o Ângelus desejando a todos um “bom domingo e bom almoço!”. Mais cedo, o Papa voltou a quebrar o protocolo e apareceu para os religiosos em uma entrada lateral do Vaticano, na Via de Porta Angelica, pouco antes das 10 horas locais. Ele estava indo para a Paróquia Sant’Anna, dentro do Vaticano, para celebrar missa.

O argentino Jorge Mario Bergoglio foi escolhido o novo Papa da Igreja no último dia 13 de março, após dois dias de conclave. Ele assumiu o posto máximo da Igreja depois da renúncia de Bento XVI, em 28 de fevereiro deste ano.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: